Depoimentos de fibromialgia – Nossa dor é real! #aVozdaFibro

Você é muito mais que a sua dor

Sabe aquela sensação de que ninguém entende o que você sente? Que ninguém consegue de verdade compreender o seu sofrimento?

Então... Pensando nisso, há alguns meses, inaugurei no meu Instagram uma série chamada “A Voz da Fibro”. Nela, compartilho histórias reais de pessoas reais que passaram por alguma situação de constrangimento relacionada à fibromialgia.

Muitas pessoas compartilharam suas histórias de intimidade comigo, e com a permissão delas – muitas vezes trocando seus nomes – compartilho com vocês mais algumas delas:

Veja aqui as primeiras histórias compartilhadas

Jussara: “Sofro com dores desde criança, mas somente ano passado recebi o diagnóstico de fibromialgia. Infelizmente, 5 meses após eu ter recebido o diagnóstico de Fibromialgia o meu esposo me traiu. Na ocasião eu estava tomando as medicações q o médico passou e eu estava sofrendo muito com efeitos colaterais (sono excessivo, fadiga, corpo tremendo, visão turva, etc), o que acarretou na diminuição da minha libido. Acabei descobrindo a traição.

O pior foi a justificativa: vc reclama de dor o dia inteiro e pra piorar agora ainda tem o efeito dos remédios. Eu sou homem, tenho minhas necessidades. Detalhe: não estávamos nem 8 dias sem relação. Me senti um lixo, quis me matar, achei q nunca iria superar. Pedi a separação, e no período q ficamos separados, ele pediu pra voltar. Estamos juntos novamente e o perdoei (não me arrependo). Hoje tento não deixar a Fibro tomar conta da minha vida.”

Suany: “Você está procurando um diagnóstico? Quem procura acha. Vá para uma academia engrossar as pernas que é melhor." e repetiu " quem procura acha já dizia minha avó". Sai no consultoria morrendo de raiva e acreditando que deveria ir para academia . eu não sabia nada sobre a fibro é mesmo com muitas dores eu fui e tive e não aguentei fiquei meses em crise. Sei da importância dos exercícios, mas cada organismo se adapta de acordo com suas condições e no meu caso não era recomendado musculação”

Maiane: “Fui diagnosticada com fibro em setembro de 2017 por três reumatologistas diferentes. Até descobri o que tinha, ficava triste e me culpando pelo cansaço excessivo. Resolvi por indicação médica começar a hidroterapia e no meu primeiro dia de aula, a fisioterapeuta perguntou meu diagnóstico e eu disse que tinha fibro e ela me disse: - menina...fibromialgia agora virou moda, né? É tanta gente que tem...

Fiquei totalmente sem reação e apenas disse q a minha tinha sido diagnosticada por três médicos. Às vezes, fico me perguntando se as pessoas pensam que isso é questão de escolha...muitas vezes, prefiro silenciar do que reclamar. Infelizmente, as pessoas são extremamentes insensíveis com a dor do outro.”

O intuito de compartilhar essas histórias é mostrar que não estamos sozinhos nesse barco. Ainda temos muitos desafios pela frente, mas unidos teremos forças para vencer.

Esse aqui é um espaço seguro para compartilharmos nossa dor e sabermos que somos realmente compreendidos! Acompanhe a série pelo meu Instagram e compartilhe também a sua história!
Inscreva-se aqui e receba todas as novidades sobre fibromialgia!