Fibromialgia: entenda o que é a doença da Lady Gaga

Cantora é a prova do impacto dessa síndrome

Lady Gaga revelou ao mundo em seu Twitter que sofre de fibromialgia, e desde então vem compartilhando os desafios enfrentados por conta da doença. Um grande avanço para aqueles que sofrem com a fibromialgia, pelo aumento da visibilidade e, consequentemente, da compreensão em torno desse assunto. Mas o que é fibromialgia?
A fibromialgia é uma síndrome dolorosa crônica que possui como principal sintoma a dor generalizada, além de problemas de sono, fadiga, e frequentemente distúrbios mentais e emocionais. Outros sintomas frequentes são síndrome do intestino irritável, cefaleia, dificuldades de concentração, falta de memória e dor abdominal, e cerca de 30 a 50% dos pacientes possuem depressão ou ansiedade.

Ainda não existe uma causa definida para a fibromialgia. Seu diagnóstico é essencialmente clínico, ou seja, o profissional de saúde analisa o quadro do paciente, exclui outras possíveis causas dos sintomas, e chega à conclusão diagnóstica. Em geral, ela é mais comum em mulheres. O foco do tratamento é evitar a incapacidade física, amenizar sintomas e melhorar a saúde de uma forma geral, ou seja, a cura não é uma garantia. 

Veja também o artigo sobre a causa da fibromialgia

É razoavelmente fácil encontrar essas informações na internet, mas mesmo assim é muito difícil encontrar compreensão para essa condição. Sofremos muito com julgamento, acusações e preconceitos. Pessoas com a síndrome podem passar uma vida inteira buscando acolhimento em casa, no trabalho, nos relacionamentos, principalmente nos momentos de crise, nos momentos mais difíceis. E o pior de tudo é, além de lidar com a dor e todos os sintomas associados, ainda precisar encontrar forças para lidar com nossas emoções, que ficam mais abaladas a cada dia.

Se você tem fibromialgia, tenha mais amor por você mesmo. Não lute contra, brigue, critique ou culpe a si mesmo. Você precisa de acolhimento, e a sua melhora começa com a sua aceitação, o seu respeito e o seu carinho por si próprio. Se você não tem fibromialgia, informe-se e liberte-se aos poucos dos seus preconceitos. As pessoas estão travando batalhas muito duras; seja gentil.

E eu não preciso que você entenda. Eu só preciso que você respeite. Esperamos muito que a repercussão de uma pessoa influente como a Lady Gaga traga bons frutos para os pacientes que sofrem com a fibromialgia.

Inscreva-se aqui e receba todas as novidades sobre fibromialgia!