Como vencer a procrastinação - a arte de adiar o que precisa ser feito

Supere o hábito de deixar tudo para amanhã

Você já se pegou dizendo alguma das seguintes frases?

“Depois eu faço isso”
“É muito difícil, não estou com paciência agora”
“Não tenho tempo”
“Não estou com energia neste momento para isso”

Segundo o dicionário, procrastinar é “transferir para outro dia ou deixar para depois; adiar, delongar, postergar, protrair”. Na prática, é quando ficamos adiando coisas realmente importantes através de desculpas esfarrapadas, que não enganam nem a nós mesmos.
O que é fibromialgia
Por que adiamos aquilo que é importante, se sabemos que eventualmente vamos precisar fazer? Vamos ser honestos: a maioria de nós faz isso, sim, mesmo que às vezes. O problema acontece quando isso se torna um hábito, prejudicando nossa saúde, nossos relacionamentos, e até nossa reputação. Sendo assim, é essencial perceber e compreender quando estamos procrastinando e, principalmente, o porquê.

Que atividades você percebe que, continuamente, sempre ficam para depois no seu dia e na sua vida? Que explicações você mesmo se dá para se convencer do porque não conseguiu fazê-las?

Talvez você só precise “arrumar um pouco melhor a casa” antes de começar aquela atividade, ou precise “organizar melhor seus livros e cadernos” antes de começar efetivamente a estudar, ou ainda precise “checar seus e-mails e dar uma rápida olhada no Facebook” antes de começar a trabalhar, “fazer comprar saudáveis no mercado” antes de se matricular na academia, "checar mais uma vez seus exames" antes de começar a mudar...

Pessoas são frequentemente motivadas por urgência. Quando a situação está a ponto de explodir, a pressão mobiliza a ação só assim as coisas são feitas. Aqui entra a primeira má notícia sobre a procrastinação no caso da fibromialgia: a urgência significa que você já entrou ou está prestes a entrar em crise - e é infinitamente mais difícil controlar crises do que preveni-las.

A segunda má notícia é que o hábito de procrastinar já foi relacionado a doenças do coração, problemas digestivos, dores de cabeça e insônia, e consequentemente, fazendo você se sentir mal, aumentam as chances de procrastinar ainda mais.

Aprenda 5 estratégias simples para combater o stress

Muita calma nessa hora! Nem tudo está perdido, é possível virar esse jogo com 4 dicas práticas:

1) Regra número 1: assim que acordar, tire 10 minutos para respirar fundo, organizar o seu dia, definir suas atividades e se comprometer com você mesmo. Faça aquilo que é mais difícil pela manhã, ou no seu momento de maior energia (há pessoas que funcionam melhor de madrugada, por exemplo). NÃO comece o dia apagando incêndios, priorize aquilo que te faz bem! 

2) Desmembre objetivos grandes em etapas menores, em pequenas mudanças de hábitos, que te proporcionarão pequenas mas frequentes vitórias. Por exemplo: você precisa deixar de ser uma pessoa sedentária, mas isso dá muito trabalho. Então você procrastina! Para vencer essa dificuldade, desmembre em: fazer 1 caminhada por semana, e assim por diante, até atingir o seu objetivo. Faça um planejamento e mantenha uma agenda! 

3) Programe sua mente para te ajudar, repita o quanto necessário: “eu quero e eu posso fazer isso agora!”. Relembre-se da importância daquela atividade para o seu bem estar. Seu subconsciente vai trabalhar a seu favor! 

4) Faça continuamente uma auto-observação. Perceba as coisas que não vão bem na sua vida, e enumere o que você já está fazendo para mudar. Perceba também aquelas coisas que você já conquistou com seu esforço, e permita-se comemorar essas vitórias. 

A vida é aquilo que acontece enquanto estamos nos ocupando com outras coisas. Deixar de fazer aquilo que realmente importa tem um preço. Não espere pagar para ver!
Inscreva-se aqui e receba todas as novidades sobre fibromialgia!