Como sua mente está influenciando a fibromialgia?

O poder da mente no controle da doença

Você tem dores frequentemente? Problemas intestinais? Enxaqueca? Ansiedade, depressão, dificuldades para dormir? Formigamento, tonturas? Mal estar, indisposição, falta de energia? Todos esses são sintomas de fibromialgia… E podem piorar, dependendo da qualidade dos seus pensamentos.

É normal nos questionarmos se a fibromialgia tem cura, mas antes de pensar em cura, devemos também pensar em mudança de hábitos. E um desses hábitos tem a ver com os pensamentos destrutivos. O estado da nossa consciência tem um profundo impacto no corpo humano. Eu não sei se você sabe, mas a palavra meditação, que significa ter o foco no momento presente, tem a mesma raiz da palavra medicina: a medicina é aquilo que cura o físico, e a meditação é aquilo que cura o espiritual.

Veja também o artigo sobre Ho'oponopono e fibromialgia

Quantas vezes por dia você está realmente presente e focado naquilo que está fazendo? Seus pensamentos são mais positivos ou mais negativos?
O que é fibromialgia
De nada adianta estar se divertindo pensando no trabalho, no trabalho preocupado e pensando no final de semana, no final de semana estressado e pensando na segunda-feira, na segunda-feira cansado e pensando nas férias… Parece alguém que você conhece? No que você está pensando agora?

Somos geradores de energia positiva e negativa, conforme a maneira como seu cérebro se comporta. O Dr. Bruce Lipton, de Stanford, descobriu que nossa percepção e interpretação do que acontece ao nosso redor controlam a ação dos nossos genes, ou seja, o seu pensamento literalmente modela sua saúde! Só nos resta pensar: O quanto você quer melhorar sua saúde física e mental? 

Veja também o artigo sobre estratégias para combater o stress  

O dia-a-dia exige muito de nós, sim, e também a fibromialgia. É difícil, temos muitos pontos dolorosos, e só quem sente a fibromialgia na pele sabe do que estou falando. Mas precisamos assumir o controle da nossa caminhada. Quando você vai colocar em ação seu plano de se alimentar melhor, de se exercitar, de fazer a matrícula na academia, de parar de fumar, de tirar um tempo para seu lazer? Amanhã? Semana que vem?

Já parou para pensar que o futuro não existe, apenas existe o AGORA?

Se você não tivesse mais nenhum impedimento físico nem emocional, nenhuma dor, nenhuma condição incômoda, se não precisasse de nenhum medicamento, nunca mais… Como você se sentiria?

Então que tal, em vez de pensar que a fibromialgia é uma doença grave e crônica, você mudar o foco do seu pensamento para: “o que eu posso fazer para viver melhor HOJE?” O que está ao meu alcance? Como posso melhorar meus pensamentos para amenizar os meus sintomas?

Vale a reflexão: “A vida é aquilo que passa enquanto estamos ocupados pensando em outras coisas”

O quanto você está deixando a vida passar?
Inscreva-se aqui e receba todas as novidades sobre fibromialgia!